Como otimizar as operações logísticas por meio de soluções de TI

otimizar as operações logísticas

Gestores estão sendo pressionados a otimizar as operações logísticas, já que esses custos podem representar até 80% dos gastos na cadeia de abastecimento, segundo pesquisa do Gartner. Já um estudo da McKinsey aponta que as empresas cada vez mais recorrem à tecnologia para superar esses desafios.

A mensagem mais importante da pesquisa é que agora é a hora de investir em soluções de TI para otimizar as operações logísticas. Mesmo em condições de mercado difíceis, a maioria dos entrevistados afirmou que as suas empresas sustentaram ou aumentaram os seus investimentos em tecnologia desde 2020.

Mas o cenário tecnológico está cada vez mais complexo e as empresas enfrentam questões não só sobre o valor que será gerado, mas também sobre como novos sistemas serão alinhados aos seus modelos operacionais diários e aos seus processos logísticos.

Por isso, segundo os analistas da McKinsey, as empresas precisam avaliar não só onde investir para otimizar as operações logísticas, mas também como transformar os seus modelos operacionais adotando uma abordagem multifacetada que englobe o seguinte:

  • Criar uma visão do estado futuro, incluindo as transformações de/para necessárias em processos, sistemas e capacidades
  • Construir capacidades para dimensionar e sustentar casos de uso específicos em unidades de negócios
  • Desenvolver programas de gestão de mudanças e definir novas formas de trabalhar para alcançar uma organização de alto desempenho
  • Implementar os sistemas e a infraestrutura de dados certos para suportar novas tecnologias
  • Adaptar processos com foco no valor para garantir que as soluções escolhidas sejam sustentáveis e escaláveis
  • Medir regularmente e adaptar-se antecipadamente, com gestão de desempenho em tempo real e apoio à tomada de decisões
  • Conduzir sprints de prova de conceito para iterar e aprender

Além disso, analistas também indicam KPIs mais abrangentes que devem ser monitorados com maior atenção em 2024:

Custo por entrega – Meça cada custo por entrega, incluindo taxa básica, sobretaxa de combustível e encargos acessórios. Meça cada um separadamente para uma melhor compreensão do que está por trás da tendência e para obter visibilidade dos custos potencialmente crescentes que precisam ser abordados.

Desempenho da transportadora – Meça o tempo desde o pedido entregue a uma transportadora até a data de entrega em comparação com os tempos de trânsito publicados pela transportadora. Isso avalia a eficácia e a confiabilidade do fornecedor de última milha. Compartilhe os dados com o fornecedor e tenha uma boa comunicação para entender melhor o que está impulsionando a eficácia do desempenho.

Tempo de entrega — Meça o tempo desde a colocação do pedido até a entrega e as etapas intermediárias, incluindo o pedido até o envio e o envio até a entrega — avaliando a eficiência nas operações logísticas.

Como impulsionar e otimizar as operações logísticas

Os profissionais de logística precisam equilibrar a necessidade de execução com a necessidade de resultados mais estratégicos. A integração de capacidades de gestão logística para impulsionar a eficiência e a produtividade desenvolve novas habilidades e competências para fornecer soluções logísticas de cadeia de suprimentos consistentes, econômicas e confiáveis.

Para otimizar as operações logísticas é preciso implementar processos de melhoria da eficiência e eficácia da cadeia de suprimentos e das operações de transporte. Envolve encontrar as melhores maneiras de gerenciar o fluxo de bens, informações e recursos dos fornecedores aos consumidores.

Aqui estão alguns aspectos-chave para otimizar as operações logísticas que são impulsionados com o uso de soluções e serviços de TI:

  • Otimização de rotas: Determinação das rotas mais eficientes para o transporte de mercadorias. Isso envolve minimizar o tempo de viagem, o consumo de combustível e os custos, ao mesmo tempo que maximiza a velocidade de entrega.
  • Gestão de estoque: Equilibrar os níveis de estoque para evitar rupturas e minimizar o excesso de estoque. Isto garante que os bens estejam disponíveis quando necessários, sem comprometer capital.
  • Layout e design de armazéns: Otimização do layout de armazéns e centros de distribuição para minimizar o tempo de manuseio, reduzir o congestionamento e melhorar o atendimento de pedidos.
  • Previsão de demanda: Utilização de dados históricos e modelos preditivos para estimar com precisão a demanda futura. Previsões precisas ajudam a evitar excesso ou falta de estoque.
  • Gerenciamento de frota: Gerenciamento eficiente de uma frota de veículos, incluindo cronogramas de manutenção, atribuições de motoristas e planejamento de carga.
  • Entrega na última milha: Foco na etapa final de entrega dos centros de distribuição aos clientes finais. Uma logística eficiente de última milha pode impactar significativamente a satisfação do cliente.
  • Integração tecnológica: Aproveitar tecnologias como GPS, RFID e rastreamento em tempo real para monitorar remessas, otimizar rotas e melhorar a visibilidade geral.
  • Otimização de custos: Equilibrar níveis de serviço com considerações de custo. A otimização logística visa alcançar o melhor equilíbrio entre qualidade de serviço e despesas.

 

As empresas de logística estão cada vez mais recorrendo à tecnologia para reduzir custos e melhorar a produtividade no transporte e no armazenamento. Ferramentas que suportam transporte em tempo real, planejamento de visibilidade e telemática para gerenciamento de frotas estão registrando taxas de adoção e investimento acima da média, segundo analistas da McKinsey.

A estratégia para otimizar as operações logísticas visa agilizar processos, reduzir custos, aumentar a satisfação do cliente e garantir a entrega pontual das mercadorias. É um aspecto crítico da gestão moderna da cadeia de abastecimento.

A redução e a otimização consistentes de custos sem aumentar o risco logístico só podem ser alcançadas através da combinação inteligente de estruturas analíticas específicas do setor, das ferramentas tecnológicas certas e dos processos projetados para eficácia e, também, para maior eficiência.

Entre em contato com a Faiston e saiba quais as soluções de TI serão as mais relevantes para otimizar as operações logísticas da sua organização.