Como a TI pode ajudar nas demandas do RH?

TI, demandas do RH

À medida que a tecnologia continua a avançar, a forma de atender as demandas do RH está passando por diversas transformações. Desde a automatização de tarefas administrativas repetitivas até a melhoria dos processos de recrutamento e o aumento do engajamento dos colaboradores, a TI revolucionou o setor de RH.

Mas, no atual momento, essas funcionalidades, na verdade, já são quase commodities. A agilidade de processamento e a capacidade de entregar insights que geram valor é que vão fazer a diferença no alinhamento entre a TI e as demandas do RH.

Iniciativas voltadas para eliminar práticas desatualizadas e ineficiências nos processos tradicionais e atender as mais urgentes demandas do RH devem ser impulsionadas pela adoção de soluções de TI.

Ao aproveitar análises avançadas, automação e abordagens personalizadas, as organizações podem criar uma função de RH ágil, orientada por dados e focada nos colaboradores, que se adapta à dinâmica do mercado e promove uma força de trabalho mais engajada e produtiva.

Não é tão fácil atender as demandas do RH

Uma pesquisa recente da Gartner revela que 56% dos líderes de RH afirmam que suas soluções e estratégias de envolver a TI não atendem às necessidades de negócios atuais e futuras. À medida que a tecnologia continua a ser a principal área de investimento no orçamento de RH, os líderes tecnológicos de RH devem inovar para garantir que a tecnologia proporciona valor empresarial numa economia volátil.

A tecnologia agora afeta todos os aspectos da vida dos funcionários. Ao expandir o RH digital para todos os fluxos de trabalho, os líderes de tecnologia de RH devem estar preparados para inovar além da eficiência operacional e fazer mudanças significativas que afetarão o trabalho, as carreiras e a organização dos colaboradores.

Tal como acontece com outras partes do modelo operacional do setor, são necessárias enormes mudanças nos processos, na tecnologia e na cultura para aproveitar eficazmente as competências e alinhar os investimentos em TI para atender as demandas do RH e entregar resultados empresariais.

TI precisa estar alinhada ao RH

Os CHROs (Chief Human Resources Officer) querem cada vez mais investir em soluções para o setor, como as de RPA, agregando funcionalidades em plataformas de relatórios e análises para ligar as capacidades do sistema de RH aos principais resultados de negócio.

A análise de talentos é um exemplo de como a TI pode contribuir para atender as demandas do RH. O setor pode ter plataformas de desempenho habilitadas pela tecnologia para suportar as decisões dos líderes e melhorar os resultados das estratégias de engajamento.

Com uma TI alinhada às demandas do RH, os responsáveis pela gestão de talentos usam análises preditivas para coletarem insights sobre produtividade, burnout, engajamento e outras métricas.

Insights baseados em dados: uma solução de gerenciamento de desempenho permite que os profissionais de RH acessem dados em tempo real sobre o desempenho dos funcionários e identifiquem áreas de melhoria. Isso permitirá a equipe tome decisões informadas sobre promoções, remuneração e planejamento de desenvolvimento.

Economia de tempo: uma ferramenta de gerenciamento de desempenho pode automatizar o processo de definição de metas e acompanhamento do progresso, liberando os profissionais de RH para se concentrarem em tarefas mais importantes.

Planos de desenvolvimento personalizados: Ao analisar dados de desempenho, a equipe de RH pode criar planos de desenvolvimento altamente para funcionários de alto desempenho. Isso o ajudará a garantir que o investimento da organização no crescimento e desenvolvimento dos funcionários seja gasto com sabedoria.

Feedback e treinamento regulares: O software de gestão de desempenho pode facilitar verificações contínuas entre gerentes e funcionários, o que é fundamental para a satisfação dos funcionários.

Faça o seu investimento gerar valor

E como a TI irá garantir que as soluções indicadas para atender as demandas do RH vão gerar valor para o negócio? Como atingir o equilíbrio entre benefícios e custos, com redução de gastos e otimização de processos?

 

 

Talvez um dos primeiros obstáculos seja a resistência do usuário às novas tecnologias de RH. Pesquisa do Gartner mostra que 63% dos funcionários param de usar tecnologia se não perceberem sua relevância para o trabalho diário. Por isso, envolver as equipes de RH em torno de sua compreensão da tecnologia e de seus processos é fundamental para que a TI defenda uma estratégia. Ao considerar uma nova tecnologia, a TI e o RH devem fazer as seguintes perguntas:

  • A solução tecnológica de RH incentivará a cultura certa para todos os tipos de usuários?
  • Como queremos que os colaboradores se sintam como resultado do processo depois de terem interagido com ele?

Em parceria com o RH, a área de TI deve estabelecer SLAs internos para entregar responsabilidades por melhorias de processos e impulsionar a adoção. E, também, determinar quais devem ser os comportamentos de gestores e colaboradores necessários para garantir um acesso tranquilo às oportunidades relacionadas à tecnologia — e criar estratégias para redirecionar os que ainda têm resistência ao novo modelo de atendimento das demandas do RH.

Como avaliar se o projeto está alinhado ao negócio

Ao avaliar oportunidades tecnológicas emergentes para atender às demandas do RH os líderes de TI devem considerar os seguintes critérios, segundo analistas do Gartner, avaliando como cada ponto está alinhado ao planejamento estratégico:

Alinhamento estratégico: Avalie se a infraestrutura de TI e as plataformas e soluções estão alinhadas com a estratégia de tecnologia de RH e seus princípios orientadores, e estratégia geral de negócios.

Alinhamento técnico: Avalie a escalabilidade da infraestrutura e dos recursos de TI para atender às demandas do RH atuais e futuras. Para cada opção, avalie o grau de viabilidade técnica e facilidade de implementação, incluindo considerações relacionadas a integrações, adequação à arquitetura geral de TI, segurança e privacidade, experiência do usuário e outros pontos. Um parceiro confiável de serviços gerenciados certamente poderá auxiliar nessa análise e propor soluções.

Alinhamento organizacional: Avalie até que ponto a organização – seus colaboradores, gerentes e líderes, bem como seus usuários administrativos de RH e TI – está pronta para adotar as novas tecnologias.

Alinhamento ao mercado: Avalie se a estratégia da TI para atender às demandas do RH está alinhada com as principais tendências do mercado.

Essa parceria entre a TI e o setor de Recursos Humanos é um modelo ganha-ganha, implementando soluções que vão atender às demandas do RH baseadas na capacidade da infraestrutura tecnológica, em um ciclo virtuoso.

E, para fazer a ponte entre a TI e o RH, conte com a Faiston.