Como a tecnologia está redefinindo o gerenciamento de facilities

gerenciamento de facilities

O setor de gerenciamento de facilities é uma área essencial para garantir o bom funcionamento e funcionalidade de espaços como prédios comerciais, fábricas e armazéns, entre outros. Tradicionalmente, gerenciar as complexidades dessas instalações exigia tempo, esforço e recursos significativos.

Os gestores dessas instalações precisam, sem dúvida, de uma abordagem centralizada e holística de todas as operações e recursos de cada instalação, mas, muitas vezes, apenas conseguem obter relatórios segmentados, que não entregam uma visão ampla de todas as necessidades para um eficiente gerenciamento de facilities.

E quais são as principais funções do setor de gerenciamento de facilities?

  • Coordenar operações prediais como limpeza, segurança, manutenção e gerenciamento de terrenos
  • Contribuir para a eficiência operacional
  • Planejar e fornecer recursos de infraestrutura para apoiar a produtividade
  • Gerenciar riscos, incluindo aqueles para instalações, funcionários, fornecedores e reputação comercial
  • Mitigar e reduzir o impacto ambiental
  • Promover táticas sustentáveis ​​para gestão de custos a longo prazo
  • implementar soluções tecnológicas
  • Mitigar e superar os efeitos dos desastres naturais
  • Garantir conformidade e segurança

 

Inovadoras tecnologias impulsionam o gerenciamento de facilities

A adoção de sistemas e soluções podem fornecer dados e insights aos gerentes de facilities, combinando integração de dados, análises avançadas e recomendações baseadas em Inteligência Artificial. A coleta de dados abrangentes de diversas fontes que devem ser integradas no sistema de gerenciamento de facilities inclui sensores IoT, soluções de gestão predial, registros de manutenção, dados de ocupação, taxas de consumo de energia e muito mais.

E embora a manutenção preventiva continue a dominar como principal estratégia entre os gestores preocupados em reduzir os custos na gestão de ativos, a tecnologia preditiva oferece muito mais capacidades no gerenciamento de facilities.

A integração de dados de todos os recursos que possibilitam o funcionamento de uma instalação, seja comercial ou industrial, como iluminação e consumo de água, com a Internet das Coisas (IoT), com uma rede de sensores e dispositivos inteligentes, entregam dados em tempo real sobre as operações.

Os responsáveis pelo gerenciamento de facilities podem monitorar tudo remotamente, permitindo uma manutenção e gestão de recursos mais proativos. Esta conectividade oferece uma inteligência que permite antecipar as necessidades e rápidas mudanças para atender a novas demandas.

Desafios da adoção da IoT no gerenciamento de facilities

Uma série de tendências e inovações, segundo a consultoria McKinsey, estão estimulando a adoção de equipamentos habilitados para IoT em diversas aplicações voltadas para o gerenciamento de facilities. Mas, antes de implementar essas soluções, é preciso avaliar o melhor roadmap para essa jornada.

Os responsáveis pelo gerenciamento de facilities devem trabalhar em conjunto com outras áreas do negócio, como a TI, para avaliar quais são as necessidades de atualização dos sistemas legados antes que as instalações possam se beneficiar da IoT.

As empresas devem considerar firmar parcerias com provedores de Serviços Gerenciados de TI e de Infraestrutura, como a Faiston, que tenham uma visão de IoT ponta a ponta e os recursos necessários para converter essa visão em realidade, avaliando custos, compatibilidade dos sistemas e dos dispositivos já existentes e apoio de patrocinadores nível C, além do CIO.

Como otimizar as operações com tecnologias de gerenciamento de facilities

A IFMA (International Facilities Management Association), organização que reúne gerentes de facilities de mais de 100 países, destaca quais são as melhores práticas para adoção da IoT para aumentar a eficiência, agilizar processos e promover um ambiente de trabalho produtivo e confortável para seus usuários:

Monitoramento e controle em tempo real

Ao implementar estrategicamente sensores e dispositivos em todo o espaço de trabalho, as organizações podem capturar e analisar dados em tempo real, obtendo informações valiosas sobre vários aspectos do seu negócio.

Por exemplo, o monitoramento do consumo de energia permite a identificação imediata de ineficiências, conduzindo a ações corretivas oportunas e redução de custos significativos. Este ciclo de feedback em tempo real garante que os processos operacionais não sejam apenas eficientes, mas também adaptáveis ​​às mudanças nas demandas.

E o monitoramento em tempo real vai além do gerenciamento de energia. Inclui o rastreamento do status de equipamentos, máquinas e até mesmo dos fluxos de trabalho dos funcionários. Esse nível de visibilidade permite que os responsáveis pelo gerenciamento de facilities resolvam os problemas de forma proativa antes que eles aumentem, minimizando o tempo de inatividade e maximizando a produtividade.

Manutenção preditiva

As práticas tradicionais de manutenção dependem geralmente de intervalos programados ou de respostas reativas a falhas de equipamentos. No entanto, com sensores habilitados para IoT coletando e analisando dados sobre as condições das máquinas, as organizações podem mudar para uma abordagem de manutenção proativa.

Ao prever quando o equipamento, que pode ser desde uma catraca de controle de acesso até máquinas no chão de fábrica, exigirá intervenções com base em dados de desempenho, os gerentes podem otimizar os cronogramas de manutenção, reduzir o tempo de inatividade e prolongar a vida útil de ativos.

Com a manutenção preditiva orientada pela IoT, as organizações podem evitar interrupções inesperadas, garantindo um espaço de trabalho mais eficiente. Esta abordagem economiza dinheiro e contribui para um ambiente operacional mais sustentável e confiável.

Rastreamento e gerenciamento de ativos

As soluções IoT, equipadas com tecnologias GPS e RFID, oferecem uma solução abrangente para os desafios de monitoramento e gestão de diversos ativos em diferentes locais, como escritórios e armazéns, por exemplo.

O rastreamento de ativos habilitado para IoT garante que as organizações tenham uma visão centralizada e precisa de seus ativos, facilitando a alocação eficiente de recursos e minimizando o risco de extravio ou roubo.

Ocupação e otimização de espaço

Empresas muitas vezes precisam otimizar a utilização do espaço de trabalho, especialmente em ambientes de trabalho com normas, tamanhos de equipe e requisitos variados.

Os sensores IoT fornecem insights em tempo real sobre os níveis de ocupação e uso do espaço. Ao colocar sensores estrategicamente posicionados em todo o espaço de trabalho, a área de gerenciamento de facilities pode coletar dados sobre como as diferentes áreas são utilizadas, identificando padrões e tendências. Com isso, é possível oferecer ambientes de trabalho flexíveis e adaptáveis ​​que atendam às diversas necessidades das equipes.

Segurança e controle de acesso

Proteger ativos físicos e digitais e, também, garantir a segurança das pessoas, é uma preocupação constante da área de gerenciamento de facilities. A tecnologia IoT abrange uma variedade de sistemas sofisticados, incluindo mecanismos de autenticação biométrica, bloqueios inteligentes habilitados para IoT e configurações avançadas de vigilância por vídeo. Quando esses componentes são integrados, formam uma estrutura robusta para controle de acesso, oferecendo vigilância aprimorada e recursos proativos de detecção de ameaças. Essa abordagem abrangente garante uma postura de segurança fortalecida, adaptada às demandas exclusivas de ambientes de trabalho distintos.

Sustentabilidade operacional

A promoção da sustentabilidade operacional é um imperativo global e as tecnologias IoT contribuem significativamente para este objetivo. As organizações podem reduzir a sua pegada ambiental monitorando e otimizando o consumo de energia, a gestão de resíduos e a utilização de água.

Por exemplo, instalações inteligentes equipadas com sensores IoT podem ajustar automaticamente a iluminação e climatização com base na ocupação e nas condições ambientais, otimizando a eficiência energética.

Análise de dados para otimização de desempenho

O grande volume de dados gerados por dispositivos IoT oferece uma oportunidade para que as tecnologias de gerenciamento de facilities integrem o poder da análise de dados para otimizar o desempenho.

Ao analisar padrões e tendências de dados, os gestores podem usar esses insights para tomar decisões informadas, identificar áreas de melhoria e prever tendências futuras.

Com a adoção das tecnologias que otimizam o gerenciamento de facilities, gestores poderão transformar suas instalações em estruturas inteligentes, sustentáveis ​​e rentáveis, com dispositivos e sensores IoT entregando dados em tempo real, possibilitando prever necessidades de manutenção, otimizar o uso de energia e reduzir riscos operacionais.

Mas, para aproveitar todos os benefícios da adoção da IoT no gerenciamento de facilities, a empresa precisa contar com uma rede confiável, que garanta a transmissão dos dados com agilidade e segurança, além de outros Serviços Gerenciados de Infraestrutura.

Entre em contato com a Faiston e saiba mais.