Entenda como funciona uma célula de inteligência de serviços

Empresas de todos os portes e setores de atuação, de Telecom a Indústria, passando por Varejo e Financeiro, precisam da Tecnologia da Informação (TI) para conduzir suas atividades rotineiras. A sustentação de qualquer negócio, com eficiência, agilidade, controle de custos e escalabilidade, depende, em maior ou menor grau, dos serviços proporcionados pela tecnologia e pela conectividade.

Por isso mesmo, esta é uma área que não pode parar. Quedas na disponibilidade custam caro, reduzem a produtividade dos colaboradores e, no limite, comprometem o relacionamento com parceiros ou clientes, com danos inclusive para a reputação das organizações.

Vantagens de um monitoramento efetivo de TI:

Realizar um monitoramento efetivo de TI se traduz em uma série de vantagens para as organizações. Conheça três.

Melhoria na performance: Entender as demandas de uma organização, mapear a infraestrutura de TI disponível e garantir seu melhor funcionamento, prevenindo incidentes, é crucial para garantir o melhor desempenho de todos os demais times, incluindo Recursos Humanos, Financeiro, Atendimento ao Cliente e Marketing.

Redução de custos: Não apenas a perda de tempo representa um sério problema, como também o desperdício de dinheiro resultante da falta de visão de longo prazo para TI. Quando os recursos são utilizados de forma racional, com base em um inventário detalhado, as outras áreas da organização também mudam a visão sobre o setor de tecnologia da informação.

Transformação na gestão: Quando uma empresa para de apenas repor componentes de informática e começa a trabalhar de maneira proativa, utilizando os dados gerados pelo uso dos sistemas para estruturar ações longevas, a companhia ganha competitividade. Com base em informações detalhadas, analisadas com rigor e clareza, é possível fazer mais com menos.

Foco no core business

Como realizar o melhor monitoramento de TI? A resposta passa pelo desenho de uma célula de inteligência de serviços. Com ela, é possível mapear os equipamentos e serviços de tecnologia da informação de uma organização, identificar o que precisa ser monitorado, delegar tarefas para os profissionais, definir estratégias de longo prazo, assim como rotinas a serem cumpridas. Estabelecer alertas e procedimentos para incidentes, de acordo com a gravidade, também é crucial.

A necessidade de uma célula de inteligência de serviços para realizar um monitoramento efetivo de TI

Definir indicadores, que permitam comparar o desempenho da área ao longo do tempo, também é fundamental para gerar transparência no relacionamento com as outras áreas – ou, no caso da contratação de serviços de terceiros, no relacionamento entre prestadores de serviço e clientes.

A célula de inteligência de serviços permite gerenciar todos estes processos, aplicando uma gestão inteligente e preditiva e permitindo que a companhia se apoie na resiliência de sua área de TI para focar em seu core business.

A oferta de serviços da Faiston, com destaque para sua Célula de Inteligência de Serviços (CIS)

Com mais de 20 anos de trajetória e foco no fornecimento de serviços de infraestrutura, a Faiston tem experiência e know-how em atender a grandes organizações, dos mais variados setores, incluindo Integradores e Service Providers, Operadoras, Telecom, Bancos, Serviços, Indústria e Call Center.

Sua Célula de Inteligência de Serviços (CIS) atua para monitorar e auditar os principais indicadores de desempenho. A entrega dos serviços se apoia em processos, pesquisas de satisfação, monitoria de qualidade, indicadores chave de desempenho, indicadores de qualidade e base de conhecimento.

A CIS atua com controle e resolução, utilizando gerenciamento de chamadas pendentes, eventos, incidentes, problemas e mudanças. O desempenho é resultado de um esforço para garantir disponibilidade e capilaridade, com o suporte de um time distribuído e tecnicamente qualificado. O suporte atua com atendimento em três níveis, abrangendo incidentes de diferentes graus de complexidade, implementação de mudanças e gerenciamento de capacidade.

Clique neste link para falar com um especialista Faiston.